Financiamento estudantil

Principal demanda vem de alunos de curso de mestrado

A portaria que estende o Fundo de Financiamento Estudantil a cursos de mestrado, mestrado profissional, doutorado e educação profissional técnica de nível médio foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Antes, o Fies era direcionado apenas à graduação. A medida foi anunciada pelo ministro da Educação, Henrique Paim. Ele informou que a demanda principal vem de alunos de curso de mestrado. A adesão ao sistema será aberta primeiro para as instituições privadas e, depois, para os estudantes. Em seguida, a inscrição manterá fluxo contínuo.

Financiamento estudantil

Financiamento estudantil

Bolsas não valerão para MBA

O governo federal vai anunciar neste segundo semestre a abertura de crédito educativo para 25 mil alunos de mestrado e doutorado em faculdades particulares. O Fundo de Financiamento Estudantil da pós é uma das apostas para ampliar o acesso, como ocorreu na graduação.

Reivindicação antiga, o programa terá regras iguais às da graduação, com financiamento parcial e integral e início do pagamento do empréstimo um ano e meio após a formatura. O crédito valerá para cursos avaliados pela Capes, como mestrados e doutorados, e não inclui especializações ou MBAs. Informações: portal Estadão.

Liege Barbalho