Da nascente à foz

História do Potengi será retratada em documentário

O rio que serve de cenário para o pôr do sol mais bonito da capital é tema de um documentário produzido pelos analistas ambientais do Ibama, Airton De Grande e Alvamar Queiroz. Eles querem mostrar que o Potengi vai além disso e já percorreram cerca de 1.500 km desde a nascente, em Cerro Corá, até sua foz em Natal. Mas para registrar adequadamente a história nos seus 176 km de extensão, querem saber o que a população ainda guarda nas gavetas dos armários e da memória.

Nesta fase final de produção, os idealizadores esperam que as pessoas possam participar com fotos, filmes ou através de seus depoimentos sobre o manancial. “A previsão é finalizar a edição no segundo semestre e, depois de pronto, o documentário terá cópias doadas para os municípios que receberam a equipe. Nossa intenção é também realizar exibições públicas nessas cidades e distribuir cópias para as emissoras de TV educativas, mas dependemos ainda de apoio para isso”, pontua De Grande. Os interessados em colaborar podem entrar em contato através do email [email protected]