Boti Truck no clima do verão

Após enorme sucesso em sua primeira passagem pela Grande Natal, a marca de beleza O Boticário, traz de volta às terras potiguares o Boti Truck, nova experiência de compra presencial na modalidade itinerante. Desta vez a loja móvel vem com o modo de verão ativado e estará em pontos estratégicos nas praias de Pirangi do Norte, Pitangui e Genipabu.

Depois do final de semana ter aportado no litoral sul na badalada praia de Pirangi, o Boti Truck chega no litoral norte e ancora hoje na praia de Pitangui. Amanhã, será a vez da famosa praia de Genipabu, onde o veículo ficará instalado próximo da igreja católica.  O Boti Truck funcionará sempre das 9h às 17h. Importante ressaltar que todas as medidas de segurança serão tomadas para prevenir o contágio pelo coronavírus. Os consultores estarão devidamente protegidos com máscaras e seguindo os demais protocolos sanitários. A limpeza das instalações será reforçada e os clientes terão álcool em gel à disposição.

Ferramenta escolhida por cibercriminosos

A popularidade do WhatsApp faz com que o mensageiro seja a ferramenta escolhida por cibercriminosos para a aplicação de golpes. A tentativa mais comum feita pelos criminosos é a de, após clonar o aplicativo de um usuário, se passar pela vítima e solicitar aos contatos o depósito de valores. Até então, isso era feito por meio de transferências bancárias comuns, que levavam algumas horas ou até um dia para de fato serem efetivadas. Com a chegada do Pix , que promete transações instantâneas entre contas – sejam elas de bancos tradicionais ou digitais -, os golpes estão se modificando – e trazendo um detalhe bastante perigoso: a dificuldade para recuperação dos valores.

Isso porque, devido à rapidez com que os pagamentos são enviados, os criminosos conseguem movimentá-lo quase que imediatamente, diminuindo drasticamente o tempo que a vítima tem para entender que caiu em um golpe e acionar o banco para solicitar o cancelamento da transação. De acordo com alguns bancos ouvidos pelo Uol, a devolução até é possível, mas deve ser analisada caso a caso, já que o usuário autorizou a transferência do dinheiro. Portal Uol

Medidas de restrição em todo o país

    A chanceler alemã, Angela Merkel

A Alemanha agora enfrenta um aumento inédito da taxa de mortalidade pela doença e o governo já planeja aumentar as medidas de restrição em todo o país, que incluiria até a obrigatoriedade do uso de máscaras profissionais por toda a população e a interrupção do transporte público. Desde o início da pandemia, a taxa de mortes per capita na Alemanha era menor do que a dos Estados Unidos. No entanto, a partir de desde meados de dezembro, isso começou a mudar. Nesse período, diariamente, cerca de 15 a cada 1 milhão de alemães morreram por causa do novo coronavírus. Nos EUA, essa proporção é de 13 a cada 1 milhão.

A chanceler alemã, Angela Merkel, quer implementar uma “megaquarentena”, segundo o jornal Bild, fechando todo o território. Autoridades de saúde temem que o país tenha uma explosão de casos e mortes até a Páscoa por causa das duas novas cepas da covid-19, detectadas no Reino Unido e na África do Sul – ambas 70% mais transmissíveis. Segundo o jornal, entre as novas medidas avaliadas por Merkel estão a interrupção do serviço de transporte público para curta e longa distâncias, a reintrodução dos controles fronteiriços, a imposição generalizada do uso de máscaras FPP2, as mesmas utilizadas por profissionais de saúde, e a imposição do trabalho remoto. Correio Braziliense

Reconhecimento facial

Um novo sistema de reconhecimento facial pode reconhecer e identificar pessoas em 96% das tentativas, mesmo em situações em que há o uso de máscaras como proteção contra o coronavírus. Os dados, considerados “promissores”, são resultados de testes, em ambientes controlados, realizados pela Diretoria de Ciência e Tecnologia do Departamento de Segurança Nacional dos Estados Unidos.

De acordo com o órgão, o sistema poderia reduzir a necessidade de pessoas removerem máscaras em aeroportos ou portos de entrada. Para você ter uma ideia da evolução, os programas desenvolvidos antes da pandemia só reconheciam entre 50% e 80% das pessoas com máscaras. Para as pessoas sem máscara, a melhor solução conseguiu 100% de precisão. Já o desempenho de todos os sistemas testados demonstrou uma taxa média de 93% de acerto. Portal Uol

Feira Internacional de Artesanato

A 26ª edição da Feira Internacional de Artesanato vai acontecer! O tradicional evento, realizado sempre nos meses de janeiro, teve sua data adiada por conta da pandemia. A edição 2021 acontecerá de 28 de abril a 02 de maio, no Centro de Convenções. Em seu 26º ano, a FIART traz uma programação totalmente inovadora, inclusive na versão digital.  Além disso, na versão presencial seguirá todas as regras sanitárias.

Nas duas versões, a feira contará com a participação dos artesãos potiguares e expositores de outros estados e países. A feira transformará o Centro de Convenções em mais um grande atrativo para turistas e visitantes locais, através da diversidade de produtos, da programação cultural e da gastronomia. Mais informações pelo site feirafiart.com.br

Dormindo cada vez menos

Segundo dados Associação Brasileira do Sono, a população brasileira está dormindo cada vez menos. Em 2018, o brasileiro dormia em média 6,6 horas por dia, já no ano seguinte, passou para 6,4 horas, quando a recomendação da Organização Mundial da Saúde é de 7 a 9 horas de sono por dia.  São diversos os fatores que contribuem para a má qualidade do sono do brasileiro. “Exposição à luminosidade de celulares, tablets e computadores, fatores pessoais como ansiedade, nervosismo e preocupações, além de outras doenças não controladas, como arritmias, depressão e asma são alguns dos fatores”, revela a professora de psicologia da Estácio, Carmen Campos.

De acordo com a especialista, apesar do corpo humano ser capaz de proporcionar um sono de qualidade, a influência dos fatores já citados, comprometem o processo que leva o organismo a adormecer e a permanecer dormindo. “É preciso ficar atento a esses fatores, que podem facilitar o desenvolvimento da insônia, um distúrbio que precisa de tratamento. Em casos mais preocupantes, procurar ajuda de um neurologista, buscar psicoterapia também é uma saída para falar sobre suas angústias e preocupações para que essa pessoa volte a ter mais tranquilidade e, consequentemente, uma maior qualidade de sono”, orienta.

Projeto Poti-Cultural Sesc

A segunda edição do projeto Poti-Cultural Sesc, uma iniciativa do Sistema Fecomércio, por meio do Sesc RN. Esta fase encerrará a apresentação dos 90 trabalhos inscritos a um investimento de quase R$ 100 mil reais pagos diretamente aos artistas. O Poti-Cultural Sesc surgiu em meio a pandemia do Coronavírus como medida para amenizar os impactos da doença na classe artística do Rio Grande do Norte, tendo em vista que o setor foi um dos mais afetados.  Todas as apresentações inscritas foram em formato digital e disponibilizadas ao público gratuitamente nas redes sociais do Sesc RN. As exibições  seguem neste mês de janeiro, nos segmentos: artes cênicas, audiovisual, música, literatura, arte educação, patrimônio cultural, ação formativa e arte visual.

Retomada do Desenvolvimento Econômico

O ministro Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, e o vice-presidente e corregedor do Tribunal de Contas da União, Bruno Dantas, estarão hoje em Natal, para debater o tema “Segurança Jurídica na Retomada do Desenvolvimento Econômico”. O evento será realizado, às 10h,  no Hotel Barreira Roxa, na Via Costeira de forma presencial, com transmissão ao vivo pela internet. A ideia do debate com os três ministros é apresentar perspectiva sobre esse cenário desafiador da retomada do desenvolvimento, discutindo os cenários que 2021 pode oferecer e promover. Por meio da informação e do debate se busca uma ação de incentivo à economia.

Recorde de casos diários

A Espanha registrou um recorde de casos diários de covid-19 desde o início da pandemia, com cerca de 39.000 notificações desde a terça-feira, informou ontem o ministério da Saúde. Em seu boletim diário, o ministério informou que nas últimas 24 horas foram registrados 38.869 novos casos confirmados, elevando o total desde o início da pandemia a 2,176 milhões. Também foram registradas 195 mortes nas últimas 24 horas, elevando a 52.878 o total de falecidos contabilizados na Espanha. Os dados “nos situam em um risco muito alto, risco extremo” em todo o país, atendendo à incidência da doença nas últimas duas semanas, as hospitalizações, as entradas em unidades de terapia.

“A pressão hospitalar continua crescendo”, acrescentou, por sua vez, o ministro da Saúde, Salvador Illa, destacando que 27% dos leitos de terapia intensiva estão ocupados por pacientes com o coronavírus. Illa também explicou que nos últimos dias “aumentou” o ritmo de realização de testes para detectar o vírus, após as festas de fim de ano. Os ministros fizeram estas declarações enquanto autoridades de governos regionais, competentes em saúde, anunciaram um endurecimento das medidas em seus respectivos territórios para conter a pandemia na Espanha. Informação portal Uol

Congresso Brasileiro de Genômica Aplicada

Com realização nos dias 10 e 11 de abril este ano, o I Congresso Brasileiro de Genômica Aplicada, o “Genômica Brasil”. O evento de caráter técnico-científico destinado a acadêmicos e profissionais de medicina, nutrição, educação física, fisioterapia e psicologia. Os temas abordados serão: influência genômica no câncer, obesidade, Covid, Alzheimer, microbioma, hipertensão, diabetes, intolerâncias alimentares, farmacogenética, estética, medicina integrativa e atividade física. Mais informações no link https://congresse.me/eventos/genbrasil

“O evento tem como objetivo disseminar e atualizar o conhecimento sobre genômica aplicada para o maior número possível de profissionais. Atualmente, dezenas de países investem pesado em investigações genômicas e o Brasil está entre eles, onde foi anunciado mais de R$ 600 milhões em pesquisas para o projeto Genoma Brasil”, afirma um dos organizadores do evento, Prof. Doutor Wiliam Régis.

Bebedouros por acionamento automático

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves – Foto: Heberton Lopes

Uma invenção genuinamente mineira, o ÁguaàLaser é uma opção eficaz para ajudar a frear os casos de contaminação pelo novo coronavírus. Por isso, o Governo do Estado de Minas Gerais solicitou a instalação de 50 bebedouros com dispositivos que liberam a água por sensor touchless na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves. A instalação dos equipamentos já foi iniciada e deve ser finalizada até o início da segunda quinzena de janeiro.

A bióloga, mestre e doutoranda em Imunologia pela UFMG, Ana Clara Matoso, destaca a importância de dispositivos que dispensam o contato físico para evitar a transmissão de doenças. Ela aponta que a disseminação de microrganismos e a propagação de infecções é preocupante em todo o mundo e, após o início da pandemia do novo coronavírus, têm aumentado o número de diretrizes e legislações para o controle da propagação destas infecções em espaços públicos.

De acordo com a Coordenadoria da Cidade Administrativa, com a instalação de bebedouros por acionamento automático, a instituição será mais eficaz para a contenção da Covid-19 e trará benefícios e economia financeira, uma vez que não será necessário alocar um profissional dedicado à limpeza constante dos equipamentos todas as vezes que forem utilizados, visto que dispensam o contato manual durante o uso. Somada à necessidade de mitigação e enfrentamento ao Coronavírus a aquisição de bebedouros industriais com sensor vem atender à adequação da estrutura do complexo às normas e orientações para acessibilidade do espaço.

A vacina de Oxford

A Fundação Oswaldo Cruz começará a entregar a vacina de Oxford ao Ministério da Saúde a partir do dia 8 de fevereiro, afirmou a presidente do instituto, Nísia Trindade, durante uma audiência sobre o combate à Covid-19 realizada pela Comissão Externa da Câmara dos Deputados. A vacina de Oxford é desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. No contrato firmado pelo governo federal, o Brasil receberá o chamado “ingrediente farmacêutico ativo” – IFA para processamento e envase das doses na fábrica de vacinas Bio-Manguinhos, da Fiocruz.

De acordo com Nísia Trindade, serão entregues 1 milhão de doses entre 8 a 12 de fevereiro ao Programa Nacional de Imunização e mais 1 milhão na semana seguinte.Vacina contra a Covid-19: veja países que já começaram a imunização. A partir da terceira semana, a meta do instituto é produzir 700 mil doses diárias da vacina que será chamada de Covid-Fiocruz. Informação Portal G1

Fornecimento a clínicas privadas

A empresa indiana Bharat Biotech anunciou nesta terça-feira, 12, que assinou acordo de fornecimento de sua vacina contra Covid-19 Covaxin para a empresa brasileira Precisa Medicamentos e que a prioridade será dada ao setor público, por meio de acordo com o governo brasileiro. A companhia disse ainda que o fornecimento a clínicas privadas de vacinação no Brasil poderia ocorrer baseado em recebimento de aprovação do imunizante pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária .

Na semana passada, a Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas enviou uma delegação à Índia para negociar a possível compra de doses da Covaxin para serem comercializadas por clínicas privadas. Em uma transmissão em uma rede social, também na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro disse que o governo federal não vai “criar problema” para clínicas privadas comprarem doses de vacinas contra a Covid-19. Informação portal Terra.

Medicina Germânica

A Medicina Germânica, uma criação do alemão Ryke Geerd Hamer, está conquistando os brasileiros ao fazer uma abordagem que descobre a verdadeira origem da doença e trata os sintomas com base nas emoções que desencadearam a enfermidade e na natureza. Profissionais de diversas áreas da saúde, como fisioterapeutas, acupunturistas, entre outros, estão se especializando na Medicina Germânica – também chamada de Nova Medicina Germânica – e conquistando pacientes pela metodologia de cura.

A fisioterapeuta Karen Klocker, do Plunes Centro Médico, é formada no método criado por Hamer. Em Curitiba, onde atua, Karen apresenta a Medicina Germânica como uma das opções de tratamento e tem conquistado novos pacientes pela abordagem menos agressiva e mais humana. “Este método considera que as doenças não são causadas simplesmente pelo mau funcionamento do corpo. Conversamos com o paciente para entender seus traumas, o histórico familiar, aspectos psicológicos e traçamos um mapa dessas emoções. Hamer explica cada doença dentro das Cinco Leis Biológicas e é por meio delas que a abordagem atua e funciona”, explica Karen.

Livros paradidáticos

Atividades lúdicas, recheadas de brincadeiras, fazem com que as crianças criem um vínculo a mais com o processo de aprendizado. Por isso, livros infantis como os da coleção Abremente e Arty Mouse são aliados para adultos e crianças no momento de volta às aulas. Considerados livros paradidáticos, as coleções atendem crianças entre 3 e 11 anos. Entre atividades para escrever e apagar, desafios que estimulam o raciocínio lógico e a criatividade, os títulos dialogam com os pequenos e os estimula em relação ao desenvolvimento psicomotor.

“O lúdico e o imaginário infantil têm muito a contribuir no processo de aprendizado das crianças. Isso faz com que o livro tenha um papel a mais no desenvolvimento dos pequenos – nesse sentido, aprender e brincar fazem parte do mesmo estágio”, afirma a diretora da Catapulta Editores no Brasil, Carmen Pareras.

Aos professores, os livros se tornam uma ferramenta de aproximação e facilitação de aprendizado. Para as crianças, os títulos são uma forma a mais de se divertirem, enquanto aprendem algo novo. A coleção é dividida em três conjuntos de títulos. O primeiro deles é um dos mais renomados da Catapulta Editores – Abremente Perguntas e Respostas, que já vendeu mais de 50 milhões de cópias pelo mundo. São oito livros, com opções de atividades para crianças entre 3 e 11 anos. Mais informações no site www.catapultalivros.com.br.

Independência a pessoas com limitações

Um aparelho que possibilita uma maior independência em pessoas que têm alguma patologia ou sofreram algum acidente que a impossibilite de realizar alguns movimentos por falta de força muscular nas pernas foi desenvolvido no Departamento de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Norte em parceria com o Instituto de Ensino e Pesquisa Alberto Santos Dumont .

Concentrado na área de desenvolvimento do movimento humano, o aparelho permite ao paciente realizar ações assemelhadas a de um remador, com o objetivo de melhorar os movimentos de extensão e flexão de joelhos e quadril. “Esse dispositivo é adaptado para usuários que apresentam algum tipo de deficiência ou paralisia do tronco e das pernas. De acordo com a situação do paciente, podemos ajustar a cadeira para deslizar em um trilho com inclinação regulável para a necessidade do treino”, destacou José Carlos Gomes da Silva, cientista envolvido na inovação.

Outro pesquisador envolvido no desenvolvimento do aparelho, Edgar Morya, professor no ISD, frisou que o equipamento é de fácil utilização, pois não necessita bateria ou ligar na tomada e o próprio peso da pessoa serve de carga para o treinamento que auxilia a manutenção da massa magra – músculos, da densidade óssea, do equilíbrio e da distribuição da força entre os membros. Assim, a pessoa treina a musculatura das pernas e da postura concomitantemente. AGECOM

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!